Subscreva a nossa Newsletter
Pesquisar
home > Manuais de Gestão > Recursos Humanos

Como gerir a saída de um empregado

Índice

Introdução
Questionários de saída
Como substituir o empregado
9 passos para lidar com a saída de um empregado


Introdução

Um belo dia um dos seus melhores empregados pede-lhe para ter uma reunião e anuncia que vai embora. Será difícil substituí-lo? Pode não ser assim. Saiba reverter uma despedida em benefício da organização.

Num mercado em que os talentos são escassos ou numa pequena e média empresa (PME) em que os melhores correm o risco de se tornarem fundamentais, um bom empregado faz a diferença. A sua saída provoca preocupações legítimas e o abandono das funções pode prejudicar os negócios numa primeira fase.

Mas não é o fim. Afinal, ninguém é insubstituível. Perder funcionários até pode não ser um mau sinal, desde que não se torne um hábito. Assim, quando a tradicional contraproposta não surte efeito, o melhor que pode fazer é tentar inverter a despedida de um bom elemento num facto positivo para a empresa.


Questionários de saída

Logo na primeira conversa tente saber e compreender as razões que levam a pessoa a ir-se embora. Perca tempo a falar com o empregado, pois da parte de quem sai da empresa é comum haver uma visão clara dos pontos fortes e fracos da organização. Como o colaborador já tem em mente ir-se embora, possui uma ideia descomprometida da empresa, que transmitirá mais facilmente.

A implementação de um inquérito de saída pode ser uma boa ferramenta de trabalho e um bom complemento de informação para a gestão da empresa.

Pode ser preenchido pela própria pessoa ou ser do tipo entrevista. Mas, por princípio, não deve ser a chefia directa a aplicar o questionário porque o entrevistado pode ter queixas a fazer, e assim perde liberdade. O mais aconselhável é que seja o responsável pelos RH a tomar conta do procedimento.

Através da entrevista é possível determinar problemas dentro da sua organização, como a falta de condições de trabalho ou erros e defeitos nas chefias.

Os questionários de saída devem apurar:


Como substituir o empregado

Quando a saída está consumada, a substituição deve ser rápida, mas criteriosa. Em primeiro lugar, observe se existe alguém na empresa que possa ocupar a função que fica vaga. Se isso não for possível, ponha em marcha o processo de recrutamento e selecção de um substituto vindo de fora. Mas tanto a solução interna como a externa têm vantagens e inconvenientes.

Solução interna

Solução externa

9 passos para lidar com a saída de um empregado

Bibliografia

Autor: Webtexto